Selo sus

Cadastre-se

 

Desejo receber informações, por e-mail, sobre:

 
Consultas especializadas Laboratório intermunicipal Centro mais vida Centro oftamológico CEAE Mulher e criança SETS
 

 

CENTRO MAIS VIDA

Centro Mais Vida

O Centro Mais Vida (CMV) é uma iniciativa da Secretaria de Estado de Saúde (SES) do Governo de Minas que oferece atendimento especializado e apoio psicossocial aos pacientes da terceira idade com saúde fragilizada. No programa, o idoso passa por uma avaliação funcional completa e multiprofissional - nas áreas de farmácia, assistência social, fisioterapia, psicologia, terapia ocupacional, nutrição, fonoaudiologia, enfermagem, geriatria e clínica geral - para que ele possa envelhecer com qualidade de vida e autonomia. A Agência de Cooperação Intermunicipal em Saúde Pé da Serra (Acispes) foi escolhida para encampar a unidade voltada para o atendimento de toda a Macrorregião Sudeste do Estado. Com isso, desde o dia 05 de dezembro de 2008 o segundo andar do prédio da Agência é destino para idosos de diversas cidades mineiras.


A coordenadora do Centro Mais Vida Macrorregião Sudeste, Elaine Barbosa, explica que o programa não realiza atendimento espontâneo, ou seja, os pacientes não podem procurar diretamente a Acispes. Eles devem ser, necessariamente, encaminhados pelas UBSs. “A atenção primária nos envia o paciente e aqui ele é visto multidirecionalmente do ponto de vista funcional, motor, de mobilidade e de cognição, além da parte física, respiratório, gástrica, entre outras”, conta Elaine. Depois disso, segundo ela, a UBS recebe o Plano de Cuidados – documento contendo o diagnóstico completo do idoso, que é elaborado em conjunto pela equipe de profissionais do Mais Vida - e passa a acompanhar o paciente. “Ou seja, se ele não vier através da UBS, todo o trabalho será em vão, pois não teremos como mandar o Plano de Cuidados para alguém”, diz a diretora clínica.


Centro Mais Vida

Outro quesito importante para o encaminhamento de idosos ao Mais Vida é o perfil de fragilização, que está diretamente relacionado à capacidade funcional da pessoa e, com isso, pode levar a uma maior demanda por serviços de saúde.


Os critérios para identificação do idoso frágil são baseados na Linha-guia de Saúde do Idoso, elaborada pela Coordenadoria de Saúde do Idoso da SES/MG. Segundo ela, idosos frágeis são aqueles que se encontram em pelo menos uma das chamadas situações de risco, ou seja, com ≥ 80 anos ou com ≥ 60 anos apresentando:


 

Rua Ataliba Barros, 5
São Mateus, Juiz de Fora - MG

(32) 3313 4000

ato.interativo